Não Somos Gangue!

Não somos uma gangue! Não somos um partido político! Somos um coletivo de Skinheads Antifascistas, composto por anarquistas e comunistas! Acreditamos na igualdade de todos os seres humanos, sem bandeiras, sem separatismo, sem preconceito ou qualquer barreira, seja ela de classe, cor de pele ou orientação sexual. Nossa principal atuação é no meio contracultural em que estamos, levando nossos princípios de esquerda e princípios libertários, atuamos através da propaganda antifascista, mas vamos além disso, procuramos atuar junto à classe trabalhadora, o verdadeiro pilar da sociedade, a luta do trabalhador, do pobre, do explorado, essa é a nossa luta. Defendemos a cultura Skinhead, cultura que nasce nos subúrbios ingleses, de uma juventude de imigrantes jamaicanos, negros, e da juventude inglesa trabalhadora das periferias, fabricas e portos. Cultura de união, diversão, futebol, cerveja, e luta, porém uma luta de cabeças, não de botas e facas. Dos que nos oprimem nada esperamos. Esperamos apenas de nossos irmãos de classe.



quinta-feira, 28 de janeiro de 2010

Artigo 482



Dando continuidade as nossas postagens de CD´s para download, vamos manter a linha de bandas que já se apresentaram em nossos festivais e tem uma postura de simpatia pela RASH SP, o que é o caso da banda Artigo 482, que praticamente tocou em todos os festivais nossos.

O Artigo 482 (nome que faz referência ao artigo da CLT que consta os motivos pelos quais se constiui justa causa para recisão de contrato de trabalho) surgiu em 2005 na cidade de São Paulo/SP. Com influências do Punk Rock, Oi! e Hard Rock, manteve a formação inicial até dezembro de 2008, quando o baixista deixou o grupo e houve a entrada de um novo baixista. A partir daí, segue a mesma formação até os dias atuais.

Desde o momento de nascimento do Artigo 482, a principal preocupação dos integrantes foi a de construir um espaço de autonomia interpessoal que possibilitasse, de um lado, libertar-se, ainda que por um momento restrito, da opressividade do dia-a-dia e, de outro, permitisse realizar a crítica desse mesmo cotidiano, evitando um caráter panfletário. Nesse sentido, a banda toma como valores norteadores a universalidade, a pluralidade e a rejeição a qualquer tipo de sectarismo.

Download


Músicas:

1-Cidadão de Opinião

2-Isabela

3-Não se Esqueçam de Mogi

4-Jogo de Dados

5-Classe Média

6-Nossas Famílias

Um comentário:

Vidiball Oi! disse...

Curti o som! Ouvi algumas, outras não estão rodando aki!

Abraços Oi!