Não Somos Gangue!

Não somos uma gangue! Não somos um partido político! Somos um coletivo de Skinheads Antifascistas, composto por anarquistas e comunistas! Acreditamos na igualdade de todos os seres humanos, sem bandeiras, sem separatismo, sem preconceito ou qualquer barreira, seja ela de classe, cor de pele ou orientação sexual. Nossa principal atuação é no meio contracultural em que estamos, levando nossos princípios de esquerda e princípios libertários, atuamos através da propaganda antifascista, mas vamos além disso, procuramos atuar junto à classe trabalhadora, o verdadeiro pilar da sociedade, a luta do trabalhador, do pobre, do explorado, essa é a nossa luta. Defendemos a cultura Skinhead, cultura que nasce nos subúrbios ingleses, de uma juventude de imigrantes jamaicanos, negros, e da juventude inglesa trabalhadora das periferias, fabricas e portos. Cultura de união, diversão, futebol, cerveja, e luta, porém uma luta de cabeças, não de botas e facas. Dos que nos oprimem nada esperamos. Esperamos apenas de nossos irmãos de classe.



quarta-feira, 24 de março de 2010

SKINHEADS E PUNKS, ambos operários, portanto... ORGANIZEM-SE e Lutem!


A
idéia de classe operária faz parte do movimento Skinhead desde a sua origem. É comum nas letras de bandas Oi! e Punks, o termo Working Class Pride, porém esse orgulho de pertencer à classe trabalhadora, deve existir antes mesmo da autoafirmação Skin ou Punk, orgulho que está ligado ao nosso dia a dia e à nossa rotina, à nossa consciência de classe que devemos ter, do nosso poder de mobilização.

Pertencemos a um grupo contracultural e sabemos que nossa atuação na sociedade ainda é limitada, mas temos idéias, opiniões a serem defendidas e difundidas, apoiamos os atos políticos da nossa classe, como greves, manifestações (Dia Internacional da Mulher, Dia do Trabalhador, etc.), mobilizações contra o racismo e a homofobia. Devemos gerar laços com os demais grupos juvenis, massificar nossa propaganda, organizar festivais de músicas, nos unir a organizações punks, skins, rap e hip-hop, deixando nossas pequenas diferenças de lado, por que somos todos antifascistas e isso é o que importa.


Somos trabalhadores, não concordamos com as divisões sociais existentes, acreditarmos na necessidade da luta de classes (proletários x capitalistas) e enxergamos a sociedade dividida em duas classes: capitalistas e trabalhadores, ou seja, de um lado os donos dos meios de produção e do outro lado, os que só têm sua força de trabalho. E acreditamos numa proposta de luta que una skins proletários, antifascistas, punks, pessoas que participam dos nossos eventos e que dividem esses mesmos pensamentos conosco, convidando a todos a participarem do 1o de Maio que se aproxima, uma data já marcada e conhecida por todos como um período de manifestações.. Essa é uma convocação não somente a punks e skins, mas a todos os homens e mulheres que acreditam nessa luta.
NÃO DECIDIMOS PERTENCER A UMA CLASSE, LUTAMOS POR ELA!
AVANTE A REVOLTA DO PROLETARIADO!

Nenhum comentário: