Não Somos Gangue!

Não somos uma gangue! Não somos um partido político! Somos um coletivo de Skinheads Antifascistas, composto por anarquistas e comunistas! Acreditamos na igualdade de todos os seres humanos, sem bandeiras, sem separatismo, sem preconceito ou qualquer barreira, seja ela de classe, cor de pele ou orientação sexual. Nossa principal atuação é no meio contracultural em que estamos, levando nossos princípios de esquerda e princípios libertários, atuamos através da propaganda antifascista, mas vamos além disso, procuramos atuar junto à classe trabalhadora, o verdadeiro pilar da sociedade, a luta do trabalhador, do pobre, do explorado, essa é a nossa luta. Defendemos a cultura Skinhead, cultura que nasce nos subúrbios ingleses, de uma juventude de imigrantes jamaicanos, negros, e da juventude inglesa trabalhadora das periferias, fabricas e portos. Cultura de união, diversão, futebol, cerveja, e luta, porém uma luta de cabeças, não de botas e facas. Dos que nos oprimem nada esperamos. Esperamos apenas de nossos irmãos de classe.



domingo, 15 de agosto de 2010

Resenha - Comemoração de 8 Anos do Coletivo RASH SP


N
o dia 07/08 transcorreu em São Paulo o festival "Destrua o Fascismo", em comemoração aos 8 anos de existencia do coletivo RASH SP. Nesses 8 anos de resitência enfrentamos muitas dificuladades, muitos boicotes e acusações infundadas tanto dos fascistóides de plantão, quanto de pseudo-libertários que por trás de um suposto radicalismo anti-fascista escondiam apenas um sentimento de rivalidade ganguista. Para o desespero de todos esses estamos aí... E não pretendemos parar!

Acreditamos que nesses anos contribuimos para que coisas novas e positivas tenham surgido na cena skinhead e em parte da cena punk, portanto temos plena convicção de que tudo o que foi feito nesses anos, com seus erros e acertos, não foi em vão. Nesse festival tivemos o saldo positivo de ver pessoas novas surgirem na cena e de ampliar nossos contatos, no que diz respeito as bandas foram três as que se apresentaram: Última Classe, 88Não! e Juventude Maldita. Também contamos com material tanto para ser distribuido quanto vendido, material que além da divulgação de nossas propostas também contribuiem para que o coletivo continue com suas atividades.

No que diz respeito especificamente a parte musical, a primeira banda a se apresentar foi a Última Classe, vinda do litoral para o festival. A banda apresentou seu repertório com músicas próprias e alguns covers, mostrando um som influenciado pelo punk setentista e pelos clássicos do Oi!.

Na sequência veio a apresentação da 88Não!, banda a qual o coleitvo RASH SP será sempre grato, por todo apoio que sempre nos deram, inclusive já tendo tocado no nosso primeiro festival. Um punk rock forte e ao mesmo tempo melodioso e letras consistentes, foi o que a 88Não! apresentou, uma excelente banda de punk rock!


Por fim tivemos o Juventude Maldita, grandes canções punks, um clássico pra se cantar junto (Grândola, Vila Morena) e uma versão muito boa de uma tradicional canção anarquista espanhola (A las Barricadas), puseram todos pra pogar!



Agradecemos a todos os que compareceram e prestigiaram o evento! Seguiremos firmes com ou sem dificuldades, procurando sempre contribuir para uma cena mais saudável!

Um comentário:

Camisetas / T-shirts disse...

FOI FODA!!! RESISTÊNCIA ANTIFASCISTA!
8 foi pouco, que venham os próximos 80 anos!