Não Somos Gangue!

Não somos uma gangue! Não somos um partido político! Somos um coletivo de Skinheads Antifascistas, composto por anarquistas e comunistas! Acreditamos na igualdade de todos os seres humanos, sem bandeiras, sem separatismo, sem preconceito ou qualquer barreira, seja ela de classe, cor de pele ou orientação sexual. Nossa principal atuação é no meio contracultural em que estamos, levando nossos princípios de esquerda e princípios libertários, atuamos através da propaganda antifascista, mas vamos além disso, procuramos atuar junto à classe trabalhadora, o verdadeiro pilar da sociedade, a luta do trabalhador, do pobre, do explorado, essa é a nossa luta. Defendemos a cultura Skinhead, cultura que nasce nos subúrbios ingleses, de uma juventude de imigrantes jamaicanos, negros, e da juventude inglesa trabalhadora das periferias, fabricas e portos. Cultura de união, diversão, futebol, cerveja, e luta, porém uma luta de cabeças, não de botas e facas. Dos que nos oprimem nada esperamos. Esperamos apenas de nossos irmãos de classe.



sábado, 11 de setembro de 2010

Solidariedade URGENTE!


FESTA EM SOLIDARIEDADE AXS PRESXS POLÍTICXS ANARQUISTAS NO CHILE


No dia 14 de Agosto de 2010 quase dez domicílios foram invadidos por uma equipe muito bem armada de policiais militares do Chile, entre esses domícilios, várias okupas e bibliotecas anarquistas. Foram presas 14 pessoas, sendo que 10 delas estão em prisão preventiva até hoje e vao continuar pelos próximos 180 dias, período que vai durar a investigaçao.

Estão sendo acusados de associaçao ilícita terrorista com porte e colocaçao de artefatos explosivos. Tudo isto é mais uma das constantes montagens policiais, juridico e jornalísticas que o Governo Chileno inventa para criminalizar xs anarquistas e antiautoritários que se enfrentam ao poder e ao capital.

Para saber mais:

www.anticarceraria.blogspot.com

http://libertadalos14a.blogspot.com/

http://solidaridadporlxspresxs.blogspot.com/2010/09/reflexiones-en-torno-al-bicentenario.html



2 comentários:

Loren Claire disse...

Não tenho dúvidas a respeito das investigações : estão baseadas em atos de grupos ditos anarquistas durante as manifestações no Día del Joven Combatiente. Ao invés de organizarem-se como revolucionários, há puro vandalismo e destruição do patrimônio público. Por outro lado, ainda temos 18 comuneros presos, acusados de participar da resistência mapuche na região sul do Chile ( lago Lleu Lleu )e nem por isso são lembrados ou apoiados com o devido rigor que a situação exige. Creio que a ditadura também está nos ideais de quem vive fora do Palacio de La Moneda....

RASH SP disse...

Olá Loren,

Seu comentário é válido, porém no momento não podemos responder quanto ao que você diz não ter dúvidas, mas não ficaremos sem responder.

Por outro lado, esse comunicado nós recebemos de um amigo anarquista e estamos divulgando para colaboração e como te disse, entraremos em contato para maiores esclarecimentos e lhe enviaremos uma resposta.

Quanto aos militantes da resistência mapuche, fica aberto o espaço no blog para publicação de um texto falando a respeito, você se compromente em nos enviar?

Apenas para finalizar, o fato de não termos nada publicado aqui no blog a respeito das manifestações na região Sul do Chile que você citou, não quer dizer que essa não é uma causa apoiada pelos membros do coletivo, como disse, nos envie o texto que publicaremos, mas vale lembrar que esse ainda é um blog voltando para a cultura skinhead antifascista e os acontecimentos dentro desta cena underground, o que não nos exclui (enquanto coletivo e também dos membros do coletivo individualmente) de qualquer forma de manifestação da luta de classes.

Saudações,

Coletivo RASH SP