Não Somos Gangue!

Não somos uma gangue! Não somos um partido político! Somos um coletivo de Skinheads Antifascistas, composto por anarquistas e comunistas! Acreditamos na igualdade de todos os seres humanos, sem bandeiras, sem separatismo, sem preconceito ou qualquer barreira, seja ela de classe, cor de pele ou orientação sexual. Nossa principal atuação é no meio contracultural em que estamos, levando nossos princípios de esquerda e princípios libertários, atuamos através da propaganda antifascista, mas vamos além disso, procuramos atuar junto à classe trabalhadora, o verdadeiro pilar da sociedade, a luta do trabalhador, do pobre, do explorado, essa é a nossa luta. Defendemos a cultura Skinhead, cultura que nasce nos subúrbios ingleses, de uma juventude de imigrantes jamaicanos, negros, e da juventude inglesa trabalhadora das periferias, fabricas e portos. Cultura de união, diversão, futebol, cerveja, e luta, porém uma luta de cabeças, não de botas e facas. Dos que nos oprimem nada esperamos. Esperamos apenas de nossos irmãos de classe.



domingo, 2 de janeiro de 2011

Símbolos de racistas. DENUNCIE!


Abaixo estamos relacionando alguns símbolos que pessoas e grupos racistas utilizam para se identificarem.

Se você ver alguns destes símbolos, DENUNCIE!



1. Cruz celta: Embora a cruz celta não seja um símbolo explicitamente racista, ela é muitas vezes usada por pessoas do movimento white power, especialmente os boneheads, e também frequentemente utilizada por outros grupos racistas.

2.
Runa Odal: É o símbolo de uma religião pagã chamada Odinismo. Nem a religião nem o símbolo é racista, mas ambos foram cooptados por certos sectores da extrema direita.
É uma letra do alfabeto rúnico, usado pelos antigos povos germânicos e representa o som "O". Originalmente como dito, nada tem a ver com o nazismo, mas como foi usada como símbolo de uma divisão SS, passou a ser usada pelos neonazis.

3.
Símbolo da White Power: Este símbolo pode ser frequentemente reconhecido como um patch usado em coletes ou jaquetas de skinheads racistas.


4.
Cruz de Ferro: Assim como a cruz celta, esse é um símbolo que não é inerentemente racista, mas é frequentemente utilizado por membros do movimento racista. A cruz representa a força. Para identificá-lo como um símbolo racista, ela normalmente tem uma suástica no centro da cruz.


5.
Símbolo da Schutzstaffel (Sieg Rune): Este símbolo é visto frequentemente tatuado nos skinheads racistas. É o símbolo que era usado originalmente pela SS de Hitler.


6. Totenkopf: Este símbolo foi originalmente usado por soldados nazistas SS durante a Segunda Guerra Mundial, mas agora pode ser visto frequentemente usado pelos "skinheads" racistas. É também um favorito entre aqueles na cena da música white power.

4 comentários:

skinheadsxcoquimbo disse...

Saudações irmãos, somos um grupo de skinheads anti-fascistas, que vêm da cidade de Coquimbo (Chile). Nosso objetivo é claro: lutar contra este sistema capitalista que explora, escraviza e marginalizados. Acreditamos numa sociedade justa e igualitária, onde as pessoas sejam respeitadas independentemente da sua condição. Lutamos e lutar abertamente contra o fascismo eo racismo, alegando as verdadeiras raízes do movimento Skinhead.

Um abraço fraterno irmão e espero continuar em contato e continuar a luta social e política na América Latina
Não nazistas, ou apolítico ... Sempre Antifascista skinheads!

skinheadsxcoquimbo disse...

SALUDOS DESDE COQUIMBO, CHILE
ANTIFASCISTAS MANDAN !!!

www.skinheadsxcokimbo.blogspot.com

RASH SP disse...

Gracias, compañeros por ele mensaje fraternal.
Estamos juntos en la lucha por un continente libre del fascismo, del racismo y del capitalismo!
Un abrazo fraterno desde São Paulo - Brasil.

FlyAway disse...

Olá! Acompanho o site faz alguns meses. Atualmente moro em Santos, e fiquei sabendo de um ato que se realizará em São Paulo, no vão do MASP, porém o link que me foi encaminhado com o debate foi apagado e não pude guardar a data do mesmo.
este era o link: http://www.stormfront.org/forum/t791601/

O ato era em apoio ao deputado Bolsonaro e seu depoimento controverso no programa CQC.
Lembro-me de um dos comentários dizendo para que fossem cuidadosos por causa dos antifa ("apesar de que eles geralmente não fazem nada", eram as palavras)

Não tenho muitos contatos para que possamos interferir, então contato-os para que façam algo, se for possível!

Abraços.
(vou comentar tbm no último post, pra garantir que vcs vejam. rsrs)