Não Somos Gangue!

Não somos uma gangue! Não somos um partido político! Somos um coletivo de Skinheads Antifascistas, composto por anarquistas e comunistas! Acreditamos na igualdade de todos os seres humanos, sem bandeiras, sem separatismo, sem preconceito ou qualquer barreira, seja ela de classe, cor de pele ou orientação sexual. Nossa principal atuação é no meio contracultural em que estamos, levando nossos princípios de esquerda e princípios libertários, atuamos através da propaganda antifascista, mas vamos além disso, procuramos atuar junto à classe trabalhadora, o verdadeiro pilar da sociedade, a luta do trabalhador, do pobre, do explorado, essa é a nossa luta. Defendemos a cultura Skinhead, cultura que nasce nos subúrbios ingleses, de uma juventude de imigrantes jamaicanos, negros, e da juventude inglesa trabalhadora das periferias, fabricas e portos. Cultura de união, diversão, futebol, cerveja, e luta, porém uma luta de cabeças, não de botas e facas. Dos que nos oprimem nada esperamos. Esperamos apenas de nossos irmãos de classe.



quarta-feira, 29 de junho de 2011

Panfletagem 15ª Parada Gay de SP - 26/06/2011

 
Mostrar publicamente e descontruir o estereótipo que skinhead é sinônimo de indivíduos carregados de preconceitos, é o objetivo de qualquer grupo de skins antifascistas organizados. Porém a RASH-SP não está nessa apenas para limpar a barra dos verdadeiros skinheads, mas também, mostrar que somos um coletivo com conteúdo, e não deixando de lado nossas raízes operárias e nos tornando apenas mais uma crew nas ruas. A nossa luta é antifascista, é contra o capitalismo e todos os seus males: o racismo, a xenofobia, o machismo e a homofobia.

Dessa forma, marcamos presença na 15ª edição da Parada Gay (Parada LGBT) da cidade de São Paulo, juntamente com nossos camaradas punks antifascistas, com o principal objetivo de difundir a nossa opinião sobre os rumos da luta contra a homofobia em nossa cidade. O texto distribuído na Parada foi o mesmo do post anterior desse blog.



Deixamos aqui o nosso agradecimento especial aos PUNKS que colaram conosco embaixo de chuva para a panfletagem, compartilhando a mesma opinião que a RASH-SP.

sábado, 25 de junho de 2011

NEM TAS, NEM KASSAB: REVOLUÇÃO!


Abaixo apresentamos o texto com a opinião do Coletivo RASH SP sobre a Parada Gay de São Paulo, onde desde o início do feriado, os jornais estão publicando que a organização do evento decidiu homenagear o apresentador Marcelo Tas. Esse será o texto distribuído no dia 26 (domingo) durante o evento:
 
A LUTA DE LIBERTAÇÃO DAS SEXUALIDADES DISSIDENTES SÓ PODE AVANÇAR SE CAMINHAR LADO A LADO COM AS DEMAIS LUTAS PELA CONSTRUÇÃO DE UM MUNDO NOVO E LIVRE. LUTAMOS PELO FIM DA SOCIEDADE DE CLASSES, RACISTA, SEXISTA, HOMOFÓBICA E PATRIARCAL E JAMAIS POR NOSSA INSERÇÃO NESTE SISTEMA INJUSTO E OPRESSOR EXISTENTE.

A HOMENAGEM A MARCELO TAS, A NOVA ESTRELA DOS GRUPOS CONSERVADORES TUPINIQUINS, NA PARADA DESTE ANO APENAS CONFIRMA A OPÇÃO IDEOLÓGICA DOS ORGANIZADORES DO EVENTO EM SÃO PAULO. A PRESENÇA FULGURANTE DE GILBERTO KASSAB NOS ANOS ANTERIORES JÁ APONTAVA QUE A ESTRATÉGIA DA ASSOCIAÇÃO DA PARADA DO ORGULHO GLBT DE SÃO PAULO (A ONG “PROPRIETÁRIA” DO EVENTO) É A ACOMODAÇÃO NA SOCIEDADE BURGUESA.

ESTA É TAMBÉM A OPÇÃO IDEOLÓGICA DAS PRINCIPAIS ORGANIZAÇÕES GLTB, E QUE SE EVIDENCIA NA ÊNFASE COLOCADA NA LUTA PELO CASAMENTO ENTRE PESSOAS DO MESMO SEXO, COMO SE O AVAL DADO PELO ESTADO A UMA RELAÇÃO ENTRE DUAS PESSOAS FOSSE A PANACÉIA QUE RESOLVERÁ TODOS OS NOSSOS PROBLEMAS. SE UM POUCO DA ENERGIA, TEMPO E DINHEIRO GASTOS NO MOVIMENTO PELO “CASAMENTO GAY” SE DESTINASSE A FAZER DAS RUAS E ESCOLAS LUGARES SEGUROS PARA JOVENS DISSIDENTES SEXUAIS OU PARA GARATIR APOIO ÀS DISSIDENTES POBRES EM SUA VELHICE, JÁ TERÍAMOS UM BOM AVANÇO.

MAS O OBJETIVO DO MAINSTREAM GLTB NÃO SÃO XS POBRES, XS OBRIGADXS A BATALHAR SEU SUSTENTO NAS RUAS, XS QUE LUTAM POR SOBREVIVER EM COMUNIDADES DOMINADAS PELA VIOLÊNCIA DAS FACÇÕE E DA POLÍCIA. ESTXS SERVEM, NO MÁXIMO, PARA PALHAÇXS EM PROGRAMAS ESCROTOS COMO O COMANDADO POR MARCELO TAS.  O QUE GRUPOS COMO A ASSOCIAÇÃO DA PARADA DO ORGULHO GLTB PRETENDEM É O FORTALECIMENTO DE UM NOVO NICHO DO MERCADO, O CHAMADO PINK MARKET, PORTÃO DE ENTRADA DE “GAYS” E LÉSBICAS PARA O PARAÍSO CAPITALISTA [AINDA TEMOS DÚVIDAS SE TRAVESTIS E TRANS TAMBÉM ESTÃO CONVIDADXS PARA ESTA FESTA NEOLIBERAL...]

MAS A EXPLORAÇÃO CONTINUA. O RACISMO, O MACHISMO, A HOMOFOBIA E A MATANÇA NAS RUAS E NO CAMPO TAMBÉM! É O PROPRIO SISTEMA CAPITALISTA QUE ALIMENTA OS BANDOS FASCISTAS QUE NOS ATACAM E MATAM NAS RUAS DE SÃO PAULO.

NESTA 15ª PARADA DO ORGULHO GLTB, CONVIDAMOS A TODXS XS QUE RECONHECEM QUE A LUTA DE LIBERTAÇÃO DAS SEXUALIDADES DISSIDENTES É TAMBÉM A LUTA DE TODXS XS POBRES E EXPLORADXS DO MUNDO PARA JUNTAREM-SE A NÓS NESTA LUTA POR UM MUNDO LIVRE DE TODA A OPRESSÃO.

COLABOROU A MALOKA ELÉTRIKA